Terça-feira, 07 de Dezembro

Descaso, desabafo; idoso com covid-19 fica mais de 6h a espera de atendimento no 1º dia da gestão da UPA pela prefeitura em Ceres

Publicado em 16/09/2021 às 21:11
Ceres

A reportagem do Jornal Populacional foi chamada na tarde desta quinta-feira (16/9) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Ceres, os entrevistados relataram o descaso no primeiro dia da gestão da UPA pela prefeitura.

 

De acordo com  Fabiana Marçal, advogada, moradora de Rialma, estava acompanhando o avô Joaquim com 85 anos de idade e com covid-19. Fabiana relatou que todos da família testaram positivo para covid-19.

 

Ela relatou ainda que chegou as 11h da manhã desta quinta-feira (16) para atendimento, não só ela, mas todos os outros acompanhantes. A moradora de Rialma conta que o avô sentia febre, estava muito inchado e com falta de ar. Já quase 14h,  o idoso ainda não havia sido atendido, de acordo com a neta, decidiu levá-lo para casa para almoçar e tomar remédio, e retornou para UPA, esperou por quase duas horas, os familiares segundo Fabiana, voltaram novamente para casa com o avô, após um tempo ela conta que ligou para a unidade perguntando se o médico já estava atendendo, a resposta foi de que o médico iria descer para atender a UPA Covid-19, os familiares retornaram para UPA com o avô, mesmo assim demorou muito, só depois que ligou para reportagem do JP, é que ele foi atendido.


 

O avô foi atendido, Fabiana contou que em razão de ser grave ele ficou em observação para realização de vários exames e conforme os resultados ele vai ter que ser regulado para uma UTI. A neta contou que o inchaço nas pernas dele pode ser insuficiência renal causada pela covid-19. Ela desabafa que ficou mais de 6h esperando por atendimento médico e o avô sofrendo.

 


Veja reportagem completa no vídeo. 

 


'Isso é muito triste, eu nunca tinha passado por uma situação, viu gente, eu nunca tinha passado por uma situação tão triste na minha vida'. Disse. 


 

Segundo ela, a única explicação por parte da UPA aos familiares pela demora no atendimento, é que os médicos estavam atendendo emergência. Para ela, o primeiro dia de gestão da UPA pela prefeitura está sendo um caos e disse ter muito medo o que pode acontecer nos próximos dias.

 

'Se tem uma emergência, só tem um ou dois médicos atendendo?  tem que ter um especifico para UPA Covid'.  Disse.

 

Para ela é mais que um desabafo, ela comenta que o avô é uma pessoa de idade com 85 anos, morador de Ceres, há mais de 50 anos, 'e hoje  quando a gente precisou da UPA, o que nós tivemos mesmo foi descaso, demora no atendimento'.

 

Nesta sexta-feira dia 17 de setembro, a direção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) vai se manifestar sobre este fato. 



 LEIA TAMBÉM:

'Não vejo com bons olhos essa ruptura entre Prefeitura e Hospital São Pio X, mas não quero entrar no mérito da gestão atual' 


Nesta terça (24) cerca de 80 profissionais da UPA e SAMU Ceres, entram de aviso prévio 


MP recomenda cancelamento de edital que prevê contratação de servidores da UPA e SAMU de Ceres como pessoas jurídicas

 

Moradora de Ceres fica indignada com a demora no atendimento na UPA 

Comentários


Os comentários não expressão a opinião do Jornal Populacional e são de exclusiva responsabilidade do autor.

Encontre mais notícias relacionadas a: Covid-19,

Veja Também