Motorista do caminhão disse que não teve como evitar o acidente com o empresário de Ceres - Jornal Populacional
Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020

Motorista do caminhão disse que não teve como evitar o acidente com o empresário de Ceres

Publicado em 20/06/2020 às 16:05

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Ronaldo Peixoto de  51 anos, morreu na noite desta sexta-feira (19) na BR 153, km 314, no município de Rialma, após ocorrer uma colisão frontal entre um Fiat Strada  e um caminhão.

 

Segundo levantamentos preliminares, o Fiat seguia no sentido sul/norte quando, por motivo ignorado, o carro invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente com um caminhão.

 

O condutor do Fiat, o empresário do ramo da construção civil Ronaldo Peixoto ficou preso às ferragens, ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

 

O motorista do caminhão de 37 anos, declarou à polícia que não teve como evitar o acidente, segundo o caminhoneiro, o Fiat surgiu repentinamente e ele não teve como impedir a colisão frontal. Ele foi submetido ao teste de etilômetro e não estava alcoolizado. 

 

A rodovia ficou interditada por cerca de cinco horas e só foi liberada às 23h50. O congestionamento chegou a cerca de três quilômetros para cada lado, carros pequenos conseguiram passar por um desvio em estrada de terra.

Ronaldo Peixoto -vítima. 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737