Denunciado por envenenar 8 vacas no Palmital em Ceres, fala ao JP - Jornal Populacional
Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020

Denunciado por envenenar 8 vacas no Palmital em Ceres, fala ao JP

Publicado em 08/06/2020 às 21:27

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Carlos César Aguiar que foi denunciado por envenenar 8 vacas que morreram  em uma plantação de bananal no Palmital em Ceres, fala sua versão.

 

Carlos, esclareceu que a roça em si, toda lavoura é utilizado defensivos contra broca, qualquer bicho que venha destruir o bananal, como canavial usa, ou qualquer outra lavoura.

 

Carlos relata que Divino Cristino (denunciante) disse que Carlos havia falado que colocaria o veneno para matar o gado, que segundo Carlos não disse isso para o Divino.

 

César Aguiar, relatou que não sabia, e que o Divino havia o informado a respeito do acontecido. Carlos, disse que colocou o veneno dentro do recipiente para ser utilizado nas plantas no dia seguinte, e nisso o gado acabou entrando na plantação do bananal, ele disse que não sabe a hora que foi e acabou chegando na caixa d'água com veneno e se envenenou.

 

Carlos César, disse que jamais faria uma coisa dessa intencionalmente. Ele conta que a versão do Divino não procede, é uma inverdade.

 

César disse que foi ameaçado por telefone,  por causa dessa vaca e disse que iria conversar com o dono da terra da qual foi arrendada e que não foi grosseiro com Divino no telefone.  

 

 

César, foi até a plantação de bananas para ver se havia problema na cerca, o que não foi constato nada de errado. Carlos viu na reportagem feita com Divino sobre um caçador que atirou e o gado foi parar no bananal.

 

Denúncia na Secretaria de Meio Ambiente

 

Carlos disse que não foi ele que derramou o veneno no solo, alguém que esteve primeiro no local que jogou o resto do veneno no solo. César, disse que preparou o veneno mas não chegou a jogar o veneno na plantação.

 

O proprietário do bananal disse ainda que o código civil, diz que o dono do animal tem que segurar o animal dentro da propriedade dele.  

 

Plantação

 

Ao chegar na plantação, já foram encontrados quatro bezerros no bananal, os quais César não sabe de quem. O mesmo disse que não vai correr atrás, vai deixar acabando com a roça e depois vai em busca do responsável.

 

César disse também que vai tomar as devidas providências cabíveis na justiça a respeito  da denúncia feita pelo Divino de que ele  (César)  havia falado pelo telefone ao Divino que envenenou  o gado propositalmente e quer que ele (Divino) fala perante o juiz.

 

Segundo César vai pedir na justiça a gravação telefônica da conversa com Divino.

 

MAIS FOTOS

Bezerros no bananal
Bezerro no bananal

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737