Dois jovens de Uruana morrem em duplo homicídio - Jornal Populacional
Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020

Dois jovens de Uruana morrem em duplo homicídio

Publicado em 31/12/1969 às 21:00

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Na noite desta quarta-feira (21/5) nas proximidades de Uruana, dois jovens foram duplamente assassinados em uma estrada vicinal  num canavial. De acordo com o Tenente Xavier da Polícia Militar, um fazendeiro daquela região ao passar pelo local, percebeu um veículo VW Gol parado com as lanternas acesas e dois corpos, um dentro do carro e o outro caído ao chão do lado da porta do passageiro.  O veículo se encontrava às margens da estrada em um canavial, logo a polícia foi avisada. Ainda de acordo com o tenente, recebeu a informação por volta das 19h45, a Polícia Militar foi ao local do fato, isolou e preservou a área até a chegada do IML e Polícia Técnico Cientifica.

A reportagem do Jornal Populacional acompanhou o trabalho da perícia. Segundo o perito Laércio Barros da Polícia Técnico Cientifica, o duplo homicídio foi violento produzido por disparos de arma de fogo, as duas vítimas sendo atingidas, uma delas ainda dentro do veículo e outra fora do veículo.

Laercio diz ter constatado no local, que Leandro Augustos Santos Mota de 23 anos foi atingido por dois disparos, um na região direita próximo a clavícula e um na cabeça, Guilherme Fagundes Henrique Sousa de 22 anos, que conduzia o veículo levou três tiros, sendo um na região superior do tórax próximo ao coração, um na cabeça e um na lateral do tronco, os dois eram moradores de Uruana.

 

O perito relatou ainda que pode dizer que se trata de uma execução.  No local do crime verificou vestígio de que os autores estariam em outro veículo que pode estar relacionado ao fato. Apesar de ter ocorrido bem próximo de Uruana, o crime foi no  município de Carmo do Rio Verde.

Segundo Laércio, pelo estado dos corpos, o crime aconteceu por volta das 19h. três projéteis foram encontrados no local e serão estudados para saber qual tipo de arma usada, possivelmente seja revolver calibre 38. Os corpos foram encaminhados para o IML de Ceres.

 A reportagem do Populacional conversou com o delegado titular Dr. Alexandre Bruno que está investigando o caso, ele disse que trabalha com hipótese de acerto de contas, proveniente do tráfico de drogas, apesar de ser ainda prematuro, mas não descarta esta possibilidade.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737