Acusado de ter matado homem em Bom Jesus se apresenta na DP Ceres - Jornal Populacional
Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020

Acusado de ter matado homem em Bom Jesus se apresenta na DP Ceres

Publicado em 24/04/2015 às 23:10

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

O homem suspeito de ter matado Edilson José da Silva (vulgo pão de queijo) de 32 em Bom Jesus município de Ipiranga de Goiás, acompanhado de seu advogado, se apresentou na delegacia de Ceres na tarde do dia (22/4) quarta-feira.

 

O crime aconteceu na manhã do último domingo (19/4) em frente à casa do acusado. A reportagem do JP, conversou com o delegado Marco Aurélio Euzébio da 16ª DP de Ceres, ele disse que José Roberto da Silva de 41 anos, relatou que já vinha sendo ameaçado de morte há mais de ano pela vítima Edilson.

 

Ainda de acordo com relatos do acusado ao delegado, o crime não é passional e ele não sabe o motivo das ameaças. Na manhã daquele dia (19) por volta das 7h, 8h da manhã em um supermercado do distrito de Bom Jesus, o acusado relatou ao delegado, que a vítima havia falado que iria o matar naquele dia.

 

Já por volta das 9h daquela manhã, segundo o acusado ao delegado, Edilson em uma moto e com uma faca na cinturateria ido até a casa de José, e o chamou dizendo que iria matá-lo.

 

José relata ao delegado que tentou falar, dialogar com Edilson, mas a vítima partiu para cima de José que pegou uma arma que estava em um local da residência e disparou contra Edilson.

 

Ele disse ao delegado que não lembra quantos disparos, mas um vizinho relatou a Polícia Militar que foram cerca de quatro disparos.

 

José Roberto da Silva, usou a faca da própria vítima, onde o atingiu com mais de 30 facadas. O delegado o questionou o porquê de tantas facadas, ele respondeu dizendo que estava com muito medo da vítima reagir.

 

Apesar do acusado ser ouvido na delegacia de Ceres, o caso será investigado pela Polícia Civil de Rubiataba.

Segundo o delegado Marco Aurélio, o acusado por enquanto vai responder ao processo em liberdade, por ser primário, ter residência e trabalho fixo, e não oferecer risco.

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737