Caiado diz que Goiás perde um dos seus mais notáveis líderes ao se referir a Maguito Vilela

Publicado em 13 de janeiro de 2021 às 10h 29min

Pax Aliança

É com grande consternação e imenso pesar que eu e minha esposa, Gracinha Caiado, recebemos a notícia, na manhã desta quarta-feira (13/01), do falecimento do prefeito de Goiânia, Maguito Vilela.


Goiás perde um de seus mais notáveis líderes após 83 dias de uma batalha incessante pela vida. Infelizmente, apesar de toda corajosa luta que enfrentou ao longo da internação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, Maguito faleceu na madrugada de hoje, às 4h10, em decorrência de complicações da Covid-19, aos 71 anos.


O sentimento do povo goiano neste momento de perda é o reconhecimento da trajetória de um homem que enfrentou com dignidade, altivez e espírito público todos os desafios, sempre a defender suas convicções e ideias com coerência, ponderação e sensatez.


Maguito Viela realçou a prática da boa política. Ganhou e perdeu sempre com dignidade e em respeito às regras democráticas. Superou os momentos de maior adversidade mantendo o equilíbrio ao ocupar os cargos com destaque e ao priorizar ações em benefício do povo que governou.

Como governador, decreto luto oficial por três dias em Goiás, ao mesmo tempo em que determino que sejam prestadas a Maguito Vilela todas as honras de Estado, em reconhecimento ao que construiu em benefício do povo goiano. Em acordo com a família, cedo ainda o Palácio das Esmeraldas, Salão Gercina Borges Teixeira, para que o corpo seja velado.


A sua trajetória de vida certamente será lembrada por todos como parte importante da história política de Goiás e do Brasil.


Maguito deixa a esposa, Flávia Teles, os filhos Vanessa, Maria, Miguel, Anna Teles e o presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, e quatro netos. A todos estendemos nossos mais sinceros votos de pesar. Elevamos nosso pensamento a Deus para que, em sua infinita bondade, possa confortar o coração de cada ente querido nesse momento de imensa tristeza e dor.


Manifestamos ainda nossa solidariedade e condolências à população de Goiânia e a todos os demais moradores de nosso Estado que, certamente, sofrem com a partida do prefeito legitimamente eleito.


Encontre mais notícias relacionadas a: Notícia;

Veja também

Ver mais notícias