Goianésia não deve fechar comércio diz prefeito Renato de Castro - Jornal Populacional
Sexta-Feira, 03 de Julho de 2020

Goianésia não deve fechar comércio diz prefeito Renato de Castro

Publicado em 29/06/2020 às 18:58

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

O lockdown proposto pelo governador Ronaldo Caiado à partir desta terça-feira, 30, só terá validade nas cidades em que os prefeitos acatarem a sugestão. O lockdown alternado (14x14) foi sugerido pela Universidade Federal - UFG - durante reunião realizada na manhã de hoje, 29, entre o governador, prefeitos e demais Poderes, para discutirem novas ações de prevenção e combate ao coronavírus.

 

 “Eu não posso aceitar, como governador do Estado, que haja omissão entre qualquer uma das autoridades, neste momento, que não seja uma ação dura, firme. As consequências advirão, com crise no comércio, crise na indústria. O que nós não podemos deixar neste momento é que falte alimentos às pessoas, poder garantir também a vida com dignidade de um leito hospitalar num momento em que as pessoas necessitarem”, disse Caiado.

 

O governador ainda alertou aos que participaram da reunião virtual sobre a responsabilidade que cada prefeito terá a partir de agora. “A responsabilidade é de todos nós”.

 

Cada prefeito, cada prefeita, vai responder pelos casos de seus municípios. Cada um. Mais sabendo o que deve fazer neste momento. “Ah, num fica bem pra mim, ah o comerciante num vai achar bom, ah eu vou perder voto”. Reflitam bem. Analisem bem. Eu não transijo da minha posição. O que é posição de governador, ela será implantada. Fornecerei as minhas policias a todos os prefeitos que quiserem fazer com que haja o cumprimento nos municípios com maior incidência do isolamento 14x14. Terão meu apoio”.

 

O prefeito Renato de Castro já adiantou que a ideia é manter o comércio de Goianésia aberto e a economia funcionando, mas também é preciso dar uma resposta rígida à pandemia do coronavírus em nossa cidade.

 

“Ainda não temos a indicação de fechamento total do nosso comércio. Conversei agora com os meninos aqui [Hishan Mohamed, secretário de saúde, e Rafael Cardoso, secretário adjunto de saúde], a gente acha que ainda dá para segurar. Mas a gente precisa contar com a população nos ajudando com as medidas restritivas”, argumentou Renato de Castro.

 

De acordo com o prefeito, uma reunião com o Comitê Municipal de Combate ao Covid-19 será realizada nesta quarta-feira, 01, para deliberarem sobre o novo decreto de Caiado. Uma hipótese a ser adotada em Goianésia é o lockdown total aos domingos após o meio-dia.

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737