Realizada troca de comando do Corpo de Bombeiros de Ceres - Jornal Populacional
Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020

Realizada troca de comando do Corpo de Bombeiros de Ceres

Publicado em 10/02/2019 às 19:13

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Na última sexta-feira foi realizada a troca de comando do Corpo de Bombeiros de Ceres. Na cerimônia, compareceram várias autoridades, dentre elas, os coronéis Wagner Borges de Lima e Paulo César Lopes, além do Juiz da Comarca de Ceres Dr. Jonas Nunes Resende, e o Juiz da cidade de Rialma Dr. Leonisson Antônio Silva.

 

O comando do Corpo de Bombeiros de Ceres, hoje está sob a responsabilidade do tenente Hendrigo de Matos Magnago que falou a reportagem do Populacional.

 

Hendrigo de Matos, trabalhava em Goiânia, no departamento de atividades técnicas, onde vistoriava os grandes prédios e shows musicais, trabalhou também em outras unidades como Anápolis.

 

Hendrigo, disse que já possui uma grande bagagem na parte operacional e parte técnica na corporação e que chegou para somar neste trabalho em Ceres que é muito bom.

 

O Major Rhevysson Martins, falou da satisfação, das parcerias, das construções, não só de edificações, mas da construção de um pensamento de segurança voltado para prevenção, que segundo ele o foco foi esse, e acredita que o tenente Hendrigo dará continuidade.

 

Major Rhevysson, foi para Goiânia onde já está trabalhando no Comando da Academia de Ensino do Bombeiro Militar, com capacitação de todos os bombeiros militares de Goiás.

 

O Major ficou por cinco anos em Ceres, do qual atendia 14 municípios, onde teve uma média de 5 mil atendimentos por ano, que para ele é um número grande quando se pensa na capacidade de tropa, com efetivo pequeno, porém agigantado que não se acovarda durante a missão, eram muitas horas trabalhadas, além da normal.

 

A passagem por Ceres, foi bom, fez parte da carreira, da convivência, onde construiu amigos, irmãos, parceiros. “Foi muito bom, emocionante”. Encerrou Rhevysson.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737