David Bowie morre de câncer aos 69 anos, para os fãs fica a saudade - Jornal Populacional
Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020

David Bowie morre de câncer aos 69 anos, para os fãs fica a saudade

Publicado em 11/01/2016 às 22:27

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Mais um triste dia para o mundo da música: outro grande nome do rock faleceu na noite de domingo (10/01). O britânico David Bowie, que havia acabado de completar 69 anos na sexta-feira (8/01), morreu após 18 meses enfrentando um câncer não especificado. 

 

A notícia veio das próprias redes sociais do artista, via Facebook, Twitter e Instagram, que publicaram a seguinte mensagem: “David Bowie morreu pacificamente hoje cercado por sua família após lutar bravamente contra o câncer por 18 meses. Enquanto muitos de vocês também sentem a dor desta perda, nós pedimos que respeitem a privacidade da família durante este período de luto”.

 

Conhecido como “camaleão da música”, Bowie chegou ao estrelato muito cedo quando ainda tinha 23 anos. Seus principais discos são do início da carreira e marcaram época: Space Oddity (1968), The Man Who Sold The World (1970) e especialmente The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars (1972), álbum conceitual no qual ele criou a persona do alienígena Ziggy Stardust. 

 

Entre suas principais canções estão The Man Who Sold The World, Life on Mars, Rebel, rebel, Starman e Under Pressure, sucesso gravado ao lado de Freddie Mercury, do Queen.

 

Ele também ficou conhecido como ator, atuando três meses na Broadway em Elephant Man e fez sucesso no clássico infantil Labirinto, ao lado de Jennfer Connelly. Na sexta-feira, além de ser seu aniversário, o músico lançou seu 26º álbum de estúdio, o conceitual Blackstar com apenas sete músicas, clipes que são verdadeiros curta-metragens e inspirações profundas em ficção-científica. Seu último show ao vivo foi em 2006.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737