Prefeito fala das obras e quais setores contemplados em Ceres - Jornal Populacional
Terça-Feira, 26 de Maio de 2020

Prefeito fala das obras e quais setores contemplados em Ceres

Publicado em 04/03/2020 às 19:36

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Na tarde desta quarta-feira (4/3) no gabinete do prefeito Rafaell Melo foi realizada um coletiva com a impressa para detalhar as respeito das obras que serão realizadas e quais setores foram contemplados.

 

O projeto foi assinado na manhã desta terça-feira (3/3) na cidade de Anápolis na Superintendência Regional do Centro Norte, o convênio entre Caixa Econômica Federal e Município de Ceres. O convênio é do empréstimo no valor de R$ 12.823,444,26 (doze milhões oitocentos e vinte três mil, quatrocentos e quarenta e quatro reais e vinte seis centavos

 

Na coletiva, o prefeito disse que este projeto é bem mais amplo do que simplesmente uma pavimentação asfáltica. O projeto contempla sete itens como: rede pluvial, pavimentação, drenagem superficial, calçada, meio fio, sinalização horizontal e vertical e acessibilidade. Rafael disse que poder ter várias frentes de obras simultaneamente.  

 

 

Em relação ao Pró- Transporte, 90 ruas foram contempladas sendo nos setores: Aldeia do Vale, com 14 ruas pavimentas, Ana Terra com mais de três ruas contempladas, região central com quatro ruas, Jardim Petrópolis 11 ruas, Jardim Petrópolis II com quatro ruas, Jardim Sorriso II com total de 9 ruas, Jardim Suíço com três ruas, Milton Ferreira cinco ruas. O prefeito falou que no caso do setor Milton Ferreira houve um acordo judicial entre o município e o proprietário, devido ao proprietário ter asfaltado algumas ruas, o restante da pavimentação asfáltica será feita por parte do município.

 

 

No setor Morada Verde foram contempladas três ruas, Nova Vila quatro ruas, Sara Ribeiro com cinco ruas, setor Boa Vista duas ruas, setor Industrial cinco ruas, setor Tropical 10 ruas, Vila Mutirão sete ruas. Lembrando que essas obras serão realizadas pelo programa Pró-Transporte.

 

O prefeito enfatizou que já tem outro contrato assinado pronto para iniciar os trabalhos no Sorriso II, verba oriunda de emenda parlamentar. O prefeito ressaltou na coletiva que até o final da atual gestão não vai haver nenhum setor que não seja contemplando.

 

Fiscalização das Obras

 

 

Segundo Rafaell tudo será executado em harmonia com a prefeitura, a empresa que vai executar os serviços e a Caixa Econômica Federal.

 

A partir da primeira medição, o engenheiro do município comprova, após isso os engenheiros da Caixa vão e fiscalizam tudo atestando se está de acordo com as normas estabelecidas ou não. A partir de cada etapa realizada é liberado o pagamento da obra feita.

 

O prefeito esclareceu que o dinheiro liberado não passa pela conta da prefeitura, à medida que se vai concretizando a obra, o pagamento é feito em uma conta vinculada a cada contrato. A conta é aberta na Caixa Econômica Federal. O término das as obras estão previstas até dezembro deste ano.

 

A empresa que ganhou a licitação para execução das obras foi a CCM Construção e Pavimentação EIRELI da cidade de Goiânia, proprietário Jordan Glebb Pereira da Silva.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737