Restos mortais de idosa desaparecida em Carmo do Rio Verde pode ter sido encontrados - Jornal Populacional
Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020

Restos mortais de idosa desaparecida em Carmo do Rio Verde pode ter sido encontrados

Publicado em 13/06/2018 às 13:19

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Restos mortais da senhora Iraídes Rocha Luz, de 89 anos, pode ter sido encontrados na manhã desta quarta-feira (13/6), por volta das 1h40.

 

Iraídes Rocha Luz desapareceu no dia 20 de janeiro deste ano na cidade de Carmo do Rio Verde. A época, Wagner Rodrigues Gonçalves, de 27 anos, sobrinho da vítima, entrou em contato com o Jornal Populacional para explicar o fato.

 

Segundo ele, a época, a idosa estava na casa dela, na fazenda Diamante, nas proximidades do lixão da cidade de Carmo do Rio Verde, quando falou com seu esposo que iria lá fora pegar uma abóbora. Depois disso, segundo o sobrinho, a idosa não foi mais vista.

  

A) equipe do Corpo de Bombeiros e familiares realizam busca em toda mata nas proximidades da fazenda Diamante, além de procurar em rios da região.

 

Até helicóptero do Corpo de Bombeiros Militar foi disponibilizado que sobrevoou aquela região, e foi também colocado na mata cães farejadores em busca da idosa, ainda sem resultado.

 

Já na manhã de hoje quarta-feira (13), de acordo com o sargento Emerson da Policia Militar, os restos mortais encontrados podem ser da vítima Iraídes Rocha, mas só através da perícia para dar um laudo de confirmação.

 

Segundo o sargento, os filhos da vítima reconheceram as vestes da mãe, o local foi isolado pela polícia Militar até a chegada da Polícia Civil e Polícia Técnico Cientifica para realização da perícia.

 

Os restos mortais foram encontrados em uma grota nos fundos da Usina CRV Industrial, em uma fazenda, segundo a polícia, a ossada teria sido encontrada por moradores da região, que informaram a polícia.

 

O sargento Emerson relata que o local é de difícil acesso, e para chegar até lá, foi preciso de um guia, deixando as viaturas distantes.

 

Os restos mortais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Ceres. 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737