Prefeito Janduhy fala a respeito da ocupação da área pública em Rialma - Jornal Populacional
Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020

Prefeito Janduhy fala a respeito da ocupação da área pública em Rialma

Publicado em 29/07/2014 às 20:19

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (29/07) por volta das 21h ocorreu a invasão de uma área pública na cidade de Rialma, na saída para Santa Isabel. Cerca de 30 famílias montaram barracas e dominaram o local. Em entrevista ao Jornal Populacional, Jéssica (Uma das ocupantes), relatou que, todos os ocupantes já tinham planos de invadir o local, pois o prefeito havia prometido 50 casas que não foram entregues. Jéssica disse que o local é público, assim, ela considera que os ocupantes possuem direito sobre a terra invadida. A ocupante mencionou que mora de favor com um tio, é mãe de duas crianças, uma de 2 anos e outra de 6 meses, seu marido é servente e não possui boas condições financeiras.

 

A ocupante pediu para que o prefeito cumpra com o prometido e, disse que os ocupantes agora pedem apenas o terreno e não as casas, pois pretendem eles próprios construírem estas. Jéssica ressaltou que se o prefeito não tivesse prometido as casas, os ocupantes não estariam correndo atrás, porém como ele prometeu os invasores se veem no direito da invasão.

 

O Jornal Populacional procurou o prefeito da cidade (Janduhy) para falar sobre o ocorrido, em entrevista Janduhy disse que, ele falou das casas em sua campanha e está correndo atrás para que estas saiam. O prefeito havia prometido 50 casas populares por ano de mandato, totalizando assim 200 casas.

 

Janduhy falou que, desde fevereiro está vendo com Ubiratam (Caixa Econômica) questões sobre o terreno de José Camelo de Faria (Zé Cearense). O terreno já foi aprovado. O prefeito mencionou que a prefeitura possui o direito de 300 casas e mais 30, com parcelas de 100 casas por vez, segundo o mesmo a dificuldade em concretizar a obra se dá devido a morte de Zé Cearense e o terreno ainda estar no inventário.

 

Janduhy mencionou que os vereadores nesta segunda-feira aprovaram um lote no Rialma 2, com 2.100 metros. O prefeito disse que o lote no Rialma 2 é fruto de uma negociação com o Pastor Irineu (Ceres). O lote era propriedade de sua igreja, este está escriturado e registrado no nome da prefeitura agora. O lote em questão será leiloado e com o dinheiro do leilão o prefeito irá comprar o terreno de Zé Cearense para fazer o loteamento da prefeitura, será o primeiro loteamento feito pela prefeitura na cidade.

 

O prefeito disse que não sabe quem está por trás desta invasão, porém pediu para que os ocupantes tenham cuidado, pois algumas pessoas vendem sonhos falsos. Janduhy falou que a prefeitura está pronta para socorre-los e para conversar, o prefeito se colocou a disposição de uma reunião a qualquer hora e em qualquer lugar, até mesmo no terreno ocupado. Janduhy disse que quem o colocou na prefeitura foram estas pessoas e que ele está pronto para atender estas em toda e qualquer situação.

 

O prefeito mencionou que está demorando a sair as casas e ele possui ciência disso, porém disse que os tramites são assim mesmo e cabe a população ter um pouco de paciência, pois ele está fazendo sua parte e correndo atrás para que as casas saiam. O terreno aprovado pela Caixa fica em frente ao Portal do Sol e João Paulo II, ao lado de onde os ocupantes se instalaram.

 

A Caixa Econômica e a Construtora Excel também estão correndo atrás para que a obra saia. A Caixa Econômica constrói as casas, providência água, energia, asfalto e depois oferece um chegue no valor de 5 mil reais para se comprar móveis, no projeto Minha casa minha vida, para aqueles que ganham até 1.600 reais, pagando aproximadamente parcelas de 80 reais pela casa.  Janduhy finalizou lembrando que está à disposição dos ocupantes e de toda a população da cidade.

 

Texto: Consuelo de La Cruz.

MAIS FOTOS

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737