Polícia Civil em Ceres conclui inquérito policial de extorsão mediante sequestro - Jornal Populacional
Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020

Polícia Civil em Ceres conclui inquérito policial de extorsão mediante sequestro

Publicado em 17/02/2016 às 15:36

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Na manhã do dia 02/04/2014, dois homens adentraram na residência de Anne Cordeiro Rocha Oliveira, filha do desembargador Orloff Neves, em Ceres. De acordo com a Polícia Civil, após tocarem o interfone, e abordaram três funcionárias, ameaçando-as com uma arma de fogo, as renderam.

 

Posteriormente, segundo a polícia, a vítima Anne chegou na casa também foi rendida e levada pelos dois supostos sequestradores. Ela foi levada a uma estrada vicinal, próximo ao antigo posto Nossa Senhora da Glória, na Br -153.

 

A partir daí, disse a polícia, os criminosos começaram a ligar para familiares da vítima exigindo R$ 400.000,00 para liberá-la.

 

No final do dia, após algo dar errado os criminosos acabaram liberando a vítima e fugiram, não tendo a polícia logrado êxito e localizá-los no dia dos fatos.

 

Após diligências da Polícia Civil e com as descrições das características físicas dos autores do suposto crime fornecidos pelas vítimas, tendo sido realizado até mesmo o retrato falado deles, a Polícia Civil disse que chegou-se a Carleandro Sousa e Silva e Irinaldo Rosemiro de Medeiros, os quais cumpriram pena na antiga Cadeia Pública de Rialma, e foram reconhecidos pelas vítimas como sendo os dois criminosos que sequestraram a vítima.

 

 

 

Carleandro Sousa e Silva e Irinaldo Rosemiro de Medeiros tiveram a prisão decretada e no dia 07/01/2016, a polícia relata que Carleandro acabou sendo preso pela PRF em Xinguara-PA.

 

A Polícia Civil realizou seu recambiamento para Ceres, e ao ser interrogado ele teria confessado a participação no sequestro e delatou o Policial Militar Fábio José Albino, o qual teria trabalhado como plantonista no presídio de Rialma, local onde Carleandro e Irinaldo cumpriram pena, como sendo o mentor de toda ação criminosa praticada.

 

Diante disso e das provas que a polícia já detinha, o delegado Marco Aurélio, relata que o Promotor de Justiça Dr. Florivaldo Vaz de Santana representou pela prisão de Fábio José Albino, que foi decretada pelo Juiz de Direito Dr. Lázaro Alves Martins Júnior, tendo a Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, cumprido o mandado de prisão. De acorodo com a polícia, Fábio teria sido ouvido, mas negou participação no crime.

 

Assim, com as provas obtidas durante as investigações, o Delegado de Polícia Marco Aurélio Euzébio Ferreira, informa que indiciou até então as pessoas de Carleandro Sousa e Silva, Irinaldo Rosemiro de Medeiros e Fábio José Albino pelos crimes de extorsão mediante sequestro (art. 159 do CPB) e associação criminosa (art. 288 do CPB).

 

As informações foram repassadas pela Polícia Civil - Ceres

 

 

Filha de desembargador de Goiás é sequestrada em Ceres

 

Foragido acusado de sequestro em Ceres em 2014, é preso em Xinguara (PA)

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737