Vereador fala da recuperação do Lago em Carmo do Rio Verde - Jornal Populacional
Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020

Vereador fala da recuperação do Lago em Carmo do Rio Verde

Publicado em 17/08/2015 às 22:25

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Em reunião solene realizada no último dia (11/8) na Câmara Municipal de Carmo do Rio Verde, foi discutido o que se vai fazer para recuperação do Lago na cidade.

 

A reportagem do JP acompanhou parte da reunião e conversou com o presidente da Câmara Eurípedes Rosa da Silva, ele disse que apareceu no lago uma espécie de alga, e sem o cuidado necessário essas algas aumentaram muito prejudicando espécie de peixe.

 

De o acordo com o presidente, o prefeito da cidade está fazendo um trabalho para retirada dessas algas. O vereador disse que foi feito um estudo em uma universidade no Pernambuco (PE), e a partir deste estudo, uma empresa contratada pela prefeitura realizará um trabalho de tratamento para recuperação do Lago.

 

O vereador Eurípedes Rosa, acredita que em um prazo de 60 dias o trabalho de recuperação do lago já esteja concluído, apesar que o trabalho foi dado início por alguns funcionários da prefeitura.

 

Na pesquisa realizada no lago, segundo o vereador descobriu-se que havia muito peixe por nome Tilápia que alimentava de algas que assim evitava o aumento das mesmas, já com o aumento de Tucunaré que não alimenta de algas acabou depredando as Tilápias, consequentemente aumentando as algas no lago.

 

No projeto de tratamento, será colocado dentro do lago um espécie de peixe por nome de Carpa Capim que se alimenta de algas, serão colocadas dez mil unidades deste peixe para o combate das algas.

 

O investimento para o tratamento do Lago, recuperação das bordas e reforma do Clube do Lago, o valor que será investido, segundo o vereador é de uma emenda que já está empenhada no valor de oitocentos mil da deputada federal Magda Mofatto. PR-GO.

 

MAIS FOTOS

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737