Vereador Adilson Júnior deve se filiar e assumir o PDT em Carmo do Rio verde - Jornal Populacional
Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020

Vereador Adilson Júnior deve se filiar e assumir o PDT em Carmo do Rio verde

Publicado em 12/11/2019 às 20:16

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

O vereador Adilson Júnior, hoje é um político muito desejado por pelo menos cinco partidos estruturados em Carmo do Rio Verde. O Jornal Populacional conversou com o referido vereador pra saber da dinâmica deste jovem político.

 

Perguntado sobre a tendência do vereador ir para o PDT, ele respondeu dizendo que de fato, Dr. George presidente estadual do partido o convidou para se filiar ao PDT, o vereador se sentiu honrado, segundo ele até porque se trata de um grande partido, com líderes importantes, como a Deputada Flávia Morais (Líder da Bancada Goiana no Congresso) e pela amizade que tem com o vereador por Ceres Paulo Omar, que ora tem sido o articulador direto ida dele para o partido.

 

Adilson Júnior disse também que recebeu convite de outros partidos, como PP, DEM, MDB e PT. Até o PR da deputada Magda Mofatto quer a permanência do jovem político.

 

Existe a possibilidade de permanecer no PR?

 

 

"Seria insustentável continuar no mesmo partido, eu nunca tive oportunidade de acesso ao gabinete da Deputada Magda Mofatto para atender meus pedidos e não compactuo com a maneira que ela se conduz na vida pública. E o fato da última eleição eu ter apoiado o Deputado Rubens Otoni, que onde ficamos em segundo lugar nas eleições locais em Carmo, com somente 4 (quatro) votos atrás da Magda, que é do meu partido atual, acreditei até que seria expulso do partido."

 

Mas o que realmente afirma o vereador Adilson Júnior?

 

 “Política muda muito e, às vezes, muda muito rápido. Portanto, amanhã ou depois o meu desejo será sim, de poderá se filiar ao PDT, ou então a outro partido, desde que seja necessário para se manter vivo na vida pública. Mas, como não há permissão de se filiar no momento, vou permanecer quieto e esperar o quadro político ficar um pouco mais desanuviado.”

 

Durante uma conversa, Dr. George Morais e vereador Paulo Omar teria dito para Adilson Júnior: “Você, se quiser, pode se preparar para disputar a Prefeitura de Carmo do Rio Verde”. O que o vereador respondeu?

 

 “Não estou muito disposto a disputar a próxima eleição, mas serei prudente e, antes de qualquer decisão, irei conversar com uma base política que construí na eleição que disputei e com a base que conquistamos durante o mandato vou consultar a todos. Mas irei para um partido onde irei assumir e somar com que cresça em Carmo do Rio Verde, onde filiarei toda a base que tenho e faremos dele um dos maiores já visto aqui."

 

Mas porquê estruturar um partido, se não está disposto à disputar as eleições?

 

 "Disputar ou não, ainda não é uma decisão, o ano que vem e o período eleitoral iniciará em agosto de 2020, e ainda temos muito a fazer até lá, não posso focar agora em eleição do ano que vem e deixar meu mandato de lado e também não irei fazer o que sempre fiz para as pessoas que me procuram, e já exigir delas um voto, e se eu não for mais candidato, não posso virar as costas para os jovens e outras pessoas que, através de nossa postura política, despertou interesses em entrar para vida pública, irei apoiar e caminhar com eles, dar forças e motivar pois quando pessoas de bem se furtam da sua responsabilidade em assumir a vida pública, os oportunistas assumem o poder e quem paga o preço é o povo. Em nosso mandato, nós encaramos a política como uma ferramenta de transformação social e a fizemos como instrumento de caridade e será assim até em dezembro de 2020 e continuará por aqueles que irão assumir as cadeiras na Câmara através de nosso apoio e por mim mesmo, se por ventura decidir disputar às vagas de vice ou prefeito."

 

Existe convite ou interesse em unir força política e sair a vice a prefeitura de Carmo?

 

 "Convite existe, de já dos 5 (cinco) pré- candidatos lançados, mas com nenhum ainda pude ter a oportunidade de conhecer o projeto político que eles tem para Carmo do Rio Verde. Não será uma decisão fácil, e também existe a possibilidade de me decidir, junto à minha base de lançar candidatura própria a prefeito. O que não posso, é que se eu tiver um projeto bom e com apoio popular para Carmo, decidir sair de vice de um outro candidato que tenha uma proposta totalmente divergente da nossa, mas como Carmo nas próximas eleições irá contar com bons candidatos à prefeitura, pode existir sim uma possível fusão projeto-política de eu sair de vice de alguns deles, o que não sei é se estão com essa mesma disposição minha, de se por ventura decidimos sair na cabeça, após comprovado um excelente projeto com apoio popular melhor que o deles, se estão dispostos a serem, um deles, meu vice." A entrevista foi encerrada a risos!

 

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737