Polícias Militares e Civil de Crixás prendem duas suspeitas de tráfico - Jornal Populacional
Domingo, 18 de Agosto de 2019
  • Polícias Militares e Civil de Crixás prendem duas suspeitas de tráfico

    Publicado em 23/05/2019 às 21:56

    CLIQUE PARA AMPLIAR
    PUBLICIDADE

    Após informações de uma suspeita de tráfico de droga, Thaís Lopes de Brito, no comércio de drogas na cidade de Crixás, a Polícia Militar passou a monitorara-la. A polícia militar através de informações, de que Thaís e outra mulher partiram em uma moto para a cidade de Santa Terezinha de Goiás, por volta das 22h desta quarta-feira (22/5).

     

    A Polícia Militar diz que fez uma campanha na GO-347 juntamente com os agentes Ortiz e Elton da Polícia Civil e que no momento da abordagem estava com Thaís, Luciana Venâncio Lima Borba.

     

    Conforme a polícia, ao darvoz de parada as suspeitas tentaram se livrar dos entorpecentes, mas os policiais conseguiram êxito e efetuaram a prisão em flagrante das duas.

     

    Os policias encontraram 100 gramas de crack, as equipes deslocaram - se até a residência das investigadas onde foram apreendidos mais 54 gramas de cocaína e uma balança de precisão.

     

    A Polícia Militar informou também que foram encontrados dois celulares, uma caderneta de anotações e um secador de cabelo usado na troca do entorpecente.

     

    As presas foram encaminhadas para DP de Crixás, onde foram autuadas em flagrante pelos crimes tipificados nos Artigos 33 e 35 da Lei 11.343/06 e posteriormente encaminhadas a Unidade Prisional de Crixás, onde encontram - se à disposição do Poder Judiciário.

     

    Participaram da operação os Policiais civis Elton e Ortiz e da Polícia Militar os Sargentos Marconi e Fernandes.

     

    Comando do CRPM Regional coronel Celso, Comando do Batalhão – major Cunha, e comando do 5º Pelotão tenente Dourado.

     

     

    MAIS FOTOS

    COMENTÁRIOS

    Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

    (62) 8585-3737