PM aposentado ameaça adolescente que vende espetinhos em Goiânia - Jornal Populacional
Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019
  • PM aposentado ameaça adolescente que vende espetinhos em Goiânia

    Publicado em 11/02/2019 às 20:48

    CLIQUE PARA AMPLIAR
    PUBLICIDADE

    Um policial aposentado ameaçou, com uma arma um adolescente na tarde do último sábado (9). O homem estaria incomodado com a fumaça produzida pela churrasqueira de uma jantinha onde o rapaz trabalha com a mãe e com o som do estabelecimento. Segundo a Polícia Civil (PC), o fato ocorreu por volta de 17h30, no Parque Atheneu, região Leste de Goiânia.

     

    De acordo com um familiar da vítima, que não quis se identificar, a família do rapaz possui um espaço onde comercializa jantinhas. O lugar fica próximo à casa de um sargento da Polícia Militar (PM) aposentado.

     

    O jovem, J. M. F., de 15 anos, ajudava a mãe a cuidar do negócio e estava no estabelecimento atendendo aos clientes quando o vizinho chegou. Gritando com o adolescente, o homem ordenava que ele apagasse a churrasqueira e desligasse o som do local.

     

     

    Quando o vizinho chegou, J. M. F. teria entrado no estabelecimento para ligar para os pais e para a polícia. Quando voltou para fora, o policial estava com uma arma em mãos. O homem teria ameaçado não apenas o jovem, mas também os clientes, caso a ordem não fosse acatada.

     

    Posteriormente, o pai do adolescente chegou e discutiu com o sargento aposentado. No vídeo abaixo é possível ver o sargento, com a arma, esbravejando e xingando as pessoas.

     

    Cinco equipes da PM foram até o local para controlar a situação. De acordo com relato da corporação, a família decidiu não registrar Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra o policial aposentado. O pai de J. M. F. decidiu que não fechará o negócio. A família aguarda um posicionamento da PM sobre a situação vivida com o vizinho.

     

    O familiar contou, ainda, ao site Mais Goiás que essa é a terceira vez que comerciantes tentam manter um negócio no local e o militar sempre faz o mesmo. Anos atrás funcionava uma igreja em frente à jantinha e o mesmo homem teria entrado na instituição e ameaçado os fiéis.

     

    Em nota, a PM explica que não houve boletim de ocorrência, mas que as imagens do vídeo foram encaminhadas à Corregedoria da PM para apurar o caso e analisar o que deverá ser feito pela corporação.

     

    Veja a nota na íntegra:

     

    “A Polícia Militar de Goiás informa que não houve qualquer registro do fato apontado em vídeo que circula em redes sociais. Contudo, ao tomar conhecimento do vídeo e da informação de que aquele senhor poderia ser um policial militar aposentado, as imagens foram imediatamente encaminhadas para o serviço de inteligência e Corregedoria da Polícia Militar para levantamentos, análise e providências necessárias”.

    COMENTÁRIOS

    Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

    (62) 8585-3737