Escola Municipal em Nova América realiza primeira edição do Jovens Empreendedores - Jornal Populacional
Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019
  • Escola Municipal em Nova América realiza primeira edição do Jovens Empreendedores

    Publicado em 27/06/2018 às 22:37

    CLIQUE PARA AMPLIAR
    PUBLICIDADE

    Alunos da Escola Municipal Ruth de Oliveira Rodrigues, da cidade de Nova América, localizada na região do Vale do São Patrício, realizou nesta terça-feira, 26, a culminância do JEPP - Jovens Empreendedores Primeiros Passos. O fato é inédito na escola e cumpriu com o objetivo de trabalhar as características empreendedoras das crianças.

     

    O JEPP faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora - PNEE - do Sebrae, aplicado a alunos no ensino fundamental, tendo como público alvo crianças e jovens de 07 a 14 anos. Nele o estudante percebe que empreender é algo muito natural e por meio de atividades divertidas e lúdicas, eles tendem a aprender a empreender, a montar um negócio, e principalmente a trabalhar em equipe.

     

    Com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, através de seu secretário Sinvalino Aleixo Alves, e do diretor da unidade escolar Adenir Américo, a primeira edição do JEPP foi realizada de forma que envolvesse não apenas a escola, mas também toda comunidade. “A gente obteve um resultado grandíssimo, no qual crianças ficaram empolgadas. Até os pais ficaram surpreendidos. O JEPP trouxe muito entusiasmo. Os pais estavam muito distantes da escola, com o JEPP eles aproximaram e participaram”, enalteceu Adenir Américo.

     

    Os alunos tiveram que desenvolver os trabalhos dentro do tema proposto para cada série: O mundo das ervas aromáticas (1º ano), temperos naturais (2º ano), oficina de brinquedos ecológicos (3º ano), locadora de produtos (4º ano), e sabores e cores (5º ano). O envolvimento das crianças foi tamanho que os produtos romperam os muros da escola e chegaram à feira da cidade. “A gente alcançou uma meta que a gente nem esperava. As crianças ficaram super empolgadas. A gente foi para uma feira que tem aqui em Nova América toda sexta-feira, as crianças apresentaram lá, levando suas mercadorias, venderam, e foi um trabalho excelente. Havia aqui uma resistência muito grande, mas hoje os professores tem uma visão totalmente diferente. Esta parceria entre o Sebrae e a escola é de grande proveito”, explicou o diretor Adenir.

     

    Cultura e social se misturam


    O JEPP proporcionou à comunidade momentos ímpares. As crianças puderam desenvolver projetos culturais que foram apresentados durante a exposição.

     

    Houve ainda o despertar para o lado social. O dinheiro arrecadado pelos alunos do 5º ano, por exemplo, foi todo revertido em prol de famílias carentes. Eles conseguiram adquirir sete cestas básicas, sendo que três delas foram entregues para famílias de alunos da própria escola.

    MAIS FOTOS

    COMENTÁRIOS

    Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

    (62) 8585-3737