Vítima de marteladas na cabeça passa por protocolo de morte cerebral em Anápolis - Jornal Populacional
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
  • Vítima de marteladas na cabeça passa por protocolo de morte cerebral em Anápolis

    Publicado em 11/02/2018 às 18:15

    CLIQUE PARA AMPLIAR

    Equipe médica do Hospital de Urgências de Anápolis (Huana) iniciou protocolo para avaliar a possível morte cerebral de Ivone Sonara Pereira Nunes (28). A mulher, vítima de marteladas desferidas pela enteada de 15 anos, está em estado gravíssimo, desde que deu entrada no hospital na última terça-feira (6). A paciente passará por exames como exame de sangue e doppler encefálico, entre outros, que ajudarão a determinar ou descartar o quadro de morte cerebral.

     

    De acordo com a coordenadora do hospital, Simone Rodrigues, Ivone passará por novos exames neste domingo (11). “Ela já estava entubada quando deu entrada no hospital com grave trauma crânio-encefálico. Enquanto o protocolo não é finalizado, a paciente passa por tratamento farmacológico, com remédios, já que o caso não é de cirurgia. Ela também está sendo monitorada pela equipe de neurocirurgia do Huana”, observa.

     

    O caso

     

    A enteada, uma adolescente de 15 anos foi apreendida na quarta-feira (7), no Jardim Nova Esperança, em Anápolis, após ter confessado o crime. À delegada Marisleide Santos, a garota afirmou que desferiu golpes de martelo na cabeça da madrasta enquanto  ela dormia. O motivo não foi revelado.

     

    Segundo a PM, antes de confessar, a menina tentou enganar os familiares da vítima, dizendo que teria encontrado a mulher na cama, coberta de sangue e com ferimentos na cabeça.

    COMENTÁRIOS

    Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

    (62) 8585-3737