Motorista do Uber é morto a facadas em Aparecida de Goiânia - Jornal Populacional
Domingo, 20 de Agosto de 2017
  • Motorista do Uber é morto a facadas em Aparecida de Goiânia

    Publicado em 12/08/2017 às 19:36

    CLIQUE PARA AMPLIAR
    PUBLICIDADE

    Um motorista do aplicativo Uber, de 36 anos, foi assassinado a facadas durante um assalto na madrugada deste sábado (12), em Aparecida de Goiânia. Duas horas após o crime, os dois suspeitos trocaram tiros com policiais militares e acabaram presos.

     

    Segundo a ocorrência registrada pela Polícia Militar, Welder da Silva Marques foi chamado, no início da madrugada, para buscar dois supostos passageiros na Cidade Satélite São Luiz. Assim que entraram no carro, os dois criminosos, que estavam armados com um revólver calibre 38 e com uma faca, renderam o motorista.

     

    Obrigado a seguir com eles até a Serra das Areias, Welder Marques, foi esfaqueado e jogado para fora do carro. Além do veículo, os bandidos também roubaram o celular da vítima. Mesmo ferido gravemente, Welder Marques conseguiu gritar por socorro.

     

    Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada no Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia – Huapa.

     

    Com informações sobre o Sandeiro roubado, militares da 16ª CIPM intensificaram o patrulhamento pela região, e em pouco tempo conseguiram localizar os dois criminosos trafegando pelo Jardim Tiradentes.

     

    Ao perceber a aproximação da viatura, Júlio César Barreto, que dirigia o carro roubado aumentou a velocidade e atirou contra a equipe, que revidou.

     

    Ferido na perna durante o confronto, Júlio César, parou o carro e se entregou. Após ser medicado no Huapa, ele foi autuado no 4º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia junto com Gabriel Vales da Silva, que também participou do latrocínio. Para os PMs, os dois contaram que receberiam R$ 2 mil pelo Sandeiro roubado.

     

     Suspeitos do crime 

     

    COMENTÁRIOS

    Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

    (62) 8585-3737