Mulher é vítima de tentativa de estupro em Ceres pelo ex-companheiro - Jornal Populacional
Domingo, 20 de Agosto de 2017
  • Mulher é vítima de tentativa de estupro em Ceres pelo ex-companheiro

    Publicado em 10/08/2017 às 23:59

    CLIQUE PARA AMPLIAR
    PUBLICIDADE

    Uma mulher foi vítima de tentativa de estupro na cidade de Ceres pelo seu ex-companheiro.

     

    De acordo com o Termo de Declarações em Auto de Prisão em Flagrante Delito da Polícia Civil, o fato ocorreu na noite desta quarta-feira para quinta (10).

     

    Segundo consta no termo de declarações, o casal viveu junto por cerca de 4 anos e há 4 meses estão separados. Da relação eles não tiveram filhos.

     

    Segundo ainda o termo de declarações, no início do relacionamento até os dois anos, o suspeito era um homem tranquilo, mas depois disso ele passou a ficar agressivo por causa de ciúmes, quando eles se separaram pela primeira vez, ficaram separados oito meses.

     

    A vítima estava em Brasília, quando foi procurada pelo ex-marido para que voltasse.  Eles acabaram voltando, mas o casal passou a ter um relacionamento conturbado, e há 4 meses separaram definitivamente, mas o suspeito não aceitava. É o que está escrito no termo de declaração.

     

    De acordo com o relatos da vítima no termo, o ex-marido ficava rondando a casa da ex-companheira, na madrugada ficava batendo na porta, quebrava janela, tentava entrar na residência, forçava a entrada na casa e a obrigava a ter relação sexual, sendo que algumas vezes a vítima aceitava para que o ex-marido fosse embora.

     

    Na noite desta quarta-feira (10/8), informa o termo de declaração, que o ex-marido teria ido até a casa da vítima onde os dois conversaram, ela reafirmou que não queria mais o relacionamento, o suspeito a ameaçou dizendo que iria fazer a desgraça na vida dela.

     

     A vítima adentrou para casa e o ex-marido entrou atrás e trancou a porta tirando a chave, a vítima disse que não queria mais nada, quando o ex-marido a jogou no chão e teria tentado o estupro.

     

    A vítima chorou muito e o suspeito, segundo consta no termo, que agrediu verbalmente, além de tortura psicológica, o suspeito nega.

     

    O suspeito teria pego a bolsa da vítima e o seu celular, a mulher tentou pegar o aparelho de volta, mas o suspeito saiu da casa levando o aparelho.

     

    A vítima desesperada, foi até a delegacia e relatou tudo o que aconteceu, os policiais foram atrás e prendeu o suspeito. A mulher está com muito medo, inclusive pensa mudar de cidade.

     

    Consta no termo de declaração que o suspeito nega todas as acusações, o que foi questionado pela Polícia Civil ao suspeito, em muitas perguntas ele não tinha nada a declarar. O suspeito foi autuado por tentativa de estupro e ameaça.

     

    O caso foi na cidade de Ceres, e não em Rialma como foi informado. Correção dia 11/8/ as 7h29.

     

     

    O caso foi na cidade de Ceres, e não em Rialma como foi informado. Correção dia 11/8/ as 7h29.

     

    COMENTÁRIOS

    Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

    (62) 8585-3737