Em Goianésia, adolescente teria aceitado participar de assassinato porque na cadeia poderia “comer e estudar” - Jornal Populacional
Domingo, 08 de Dezembro de 2019

Em Goianésia, adolescente teria aceitado participar de assassinato porque na cadeia poderia “comer e estudar”

Publicado em 10/11/2019 às 18:32

CLIQUE PARA AMPLIAR
PUBLICIDADE

Os adolescentes suspeitos no envolvimento na morte de Adelvanes de Souza Marques, de 25 anos, ocorrido no domingo, 03, no Bairro Dona Fíica, região norte de Goianésia, foram conduzidos a um Centro de Internação para menores em Goiânia.

 

A Justiça da Infância e Juventude de Goianésia conseguiu vagas para os dois adolescentes, de 13 e 17 anos, respectivamente. Uma equipe da Polícia Civil da cidade ficou responsável por conduzir os menores até uma Unidade de Atendimento Socioeducativo Juvenil, onde deverão aguardar por julgamento.

 

A apreensão dos menores ocorreram na noite de segunda-feira, 04, após horas de diligências da Polícia Civil. Os policiais obtiveram informações de que os menores infratores estariam no Residencial Ipê, assim, os policiais civis deslocaram até uma residência onde encontraram o de 13 anos e de pronto foi conduzido para a delegacia de polícia, na companhia de sua mãe. O segundo suspeito, foi apreendido na terça-feira, 05, por volta de 13h, no Bairro Nova Fíica.

 

Reeducando do regime semiaberto é morto a tiros em Goianésia

 

 

Segundo aponta as investigações, o crime foi motivado por rixa contra M. A.G., que seria o alvo dos menores, no entanto, alvejaram, por engano, Adelvanes, que no momento do crime estava ao lado do alvo. M. A. G. que não ficou ferido.

 

Embora ainda em andamento, a investigação da Polícia Civil, aponta um terceiro envolvido, todavia, ainda não foi encontrado para prestar esclarecimentos. Ele é maior de idade e teria aliciado e recrutado os menores para cometer os atos infracionais.

 

Um deles afirmou que aceitou participar do crime porque um membro da facção teria dito que ele poderia “comer todos os dias e estudar” na prisão. As informações são da Polícia Civil (PC).

 

Presos membros de facção criminosa suspeitos de matar ao menos 5 em Goianésia

COMENTÁRIOS

Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

(62) 8585-3737