Vereadores de Ipiranga, procuraram o MP para interceder junto a Secretaria do Meio Ambiente - Jornal Populacional
Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019
  • Vereadores de Ipiranga, procuraram o MP para interceder junto a Secretaria do Meio Ambiente

    Publicado em 10/06/2019 às 22:21

    CLIQUE PARA AMPLIAR
    PUBLICIDADE

    Os vereadores de Ipiranga de Goiás, procuraram o Ministério Público para que a promotoria intercedesse junto a Secretaria do Meio Ambiente do referido município, porque estariam tendo dificuldade de acesso as informações das atividades desta área.

     

    O promotor de Justiça da Comarca de Ceres, Dr. Marcos Rios, falou com a reportagem do Populacional. Segundo ele, foi chamado na promotoria, o Secretário do Meio Ambiente Márcio Bessa, e passou a inquiri-lo pontualmente de cada questão reivindicadas pelos vereadores.

     

    O promotor, contou que os vereadores reclamam de uma pagamento feito de uma área de conservação ambiental que foi adquirida pelo município de Ipiranga de Goiás. O secretário Márcio Bessa, segundo Marcos Rios, informou que os pagamentos embora sejam assuntos financeiros e não técnicos, mas disse que os pagamentos terão início neste até o final deste mês (6). A Usina Cooper-Rubi que é a credora destes pagamentos, aceitou fazer o alongamento da dívida.

     

    Já sobre a questão do ICMS ecológico, o secretário, segundo o promotor, não tem acesso as finanças, mas informou que a Secretária de Finanças está à disposição para dar todas as informações necessárias aos vereadores. O secretário estima que seja um ingresso de receita na casa dos R$ 30 mil mensal.

     

     

    Outro questionamento dos vereadores, é sobre a questão da coleta seletiva, o secretário Bessa, informou a promotoria, que já está em fase de execução, mas como é uma novidade, e a comunidade de Ipiranga de Goiás é muito pequena que ainda está fase de desenvolvimento, o secretário relatou ao promotor que tem tido pouca adesão, diferentemente de países mais desenvolvidos, capitais, as pessoas tem um nível cultural de entendimento de necessidade da coleta seletiva de lixo.

     

    Com o tempo, Bessa, disse ao promotor que as pessoas vão se conscientizando obtendo resultados melhores na coleta seletiva de lixo, apesar também de que a coleta ser pequena, não houve empresas interessadas a exploração do serviço. O promotor disse que será feito um chamamento para tentar resolver esse problema.

     

    Outro ponto que foi questionado pelos vereadores a essa promotoria, é sobre a colocação das lixeiras, o secretário estabeleceu prioridade, especialmente nas avenidas maiores do centro, onde haviam sempre os latões de lixo que viravam e na época da chuva o lixo se esparramam e caia nos bueiros, mas a intenção é se estender as instalações das lixeiras em toda a cidade.

     

    Marcos Rios, recomendou ao Secretário Márcio Bessa, que aceite, acate a postulação dos vereadores que se faça uma audiência Pública, já que é uma oportunidade que se tem para dar transparência do trabalho que vem sendo feito.

     

    O promotor, destacou que o papel dos vereadores é de fiscalizar, algo parecido com o da Promotoria de Justiça, fazer com que a administração cumpra com efetividade sua função e ao mesmo tempo com transparência.

     

    Márcio Bessa, conta o promotor, que teve dele [secretário] o compromisso de realizar o quanto antes com os vereadores, que poderiam tomar essa inciativa de designar uma data e ajudar a promover junto a Secretaria do Meio Ambiente.

     

     

    COMENTÁRIOS

    Os comentários aqui postados expressam a opinião de seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Jornal Populacional

    (62) 8585-3737